Só Jesus é autor e consumador da nossa fé.

08/09/2010
By

 

Hebreus 12: 1 e 2Pr. Medrado  no alltar com guitarra

A ‘fé’ que foi dada aos homens (evangelho) não contempla os problemas do dia-a-dia, antes, o cristão deve ter em mente que deve ser perseverante para ser possível alcançar o que o evangelho propõe, que é a salvação, e, por isso, não deveriam desfalecer

“… não vos canseis, desfalecendo em vossas almas” ( Hb 12:3 ).

… olhando firmemente para Jesus, autor e consumador da nossa fé, o qual pelo gozo que lhe estava proposto suportou a cruz…” ( Hb12:2 )

Após relatar o que, através da fé, alguns homens alcançaram, o autor do livro aos Hebreus ( Hb 11:1 -40), exorta a todos a serem perseverantes, mostrando, como exemplo, o Senhor Jesus ( Hb 12:2 ).

O autor conclui que os cristãos após crerem na mensagem do evangelho, devem perseverar no evangelho(boas novas). Os cristãos devem olhar firmemente para Cristo, que é o autor e o consumador da fé.

Quem é o autor da fé? quem deu origem a crença dos cristãos? Jesus.

Consumador: É àquele que idealizou e praticou todos os atos para que fosse possível a existência da nossa fé. Não pode haver substituto material ou espiritual.

A palavra fé tem a seguinte definiçãor: "Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam…" ( Hb 11:1 ).

Cristo, o autor e o consumador da fé, Só Ele deve ser seguido. Os que crêem devem observar a Cristo:

Vejamos:

1º Havia uma promessa específica para Cristo: “… o qual pelo gozo que lhe estava proposto…”; 
2º Diante do premio proposto, Cristo suportou e desprezou a ignomínia que significa o seguinte:

Substantivo

o.pró.brio masculino

  1. grande desonra pública; degradação social; ignomínia, vergonha, vexame

    • exposto ao opróbrio, o infeliz matou-se

  2. caráter daquilo que humilha, degrada; estado ou condição que revela alto grau de baixeza, torpeza; abjeção, degradação

    • o opróbrio de uma condenação

  3. ação ou dito que desonra, avilta, revela falta de apreço ou consideração; afronta, desprezo

Sinônimos
[Antônimos

[editar]Nuvola apps bookcase.svg Etimologia

Do latim opprobrìum,ìi (desonra, vergonha, injúria, afronta)

3º Ele assentou-se à destra de Deus.

Os cristãos observam o que Cristo suportou na cruz.

Cristo tinha uma promessa, o gozo proposto: a salvação. A ‘fé’ que foi dada aos homens (boas novas) não contempla os problemas do dia-a-dia, antes, o cristão deve ter em mente que deve ser perseverante para ser possível alcançar o que o evangelho propõe, que é a salvação, e, por isso, não deveriam desfalecer “… não vos canseis, desfalecendo em vossas almas” ( Hb 12:3 ).

Cristo sendo o autor e consumador da fé, não teve a oposição dos pecadores. Os cristãos não podiam desfalecer, mas, deviam olhar firmemente para Jesus, para alcançarem o premio que é a Salvação. A fé (confiança do cristão em Deus), não livra o cristão das afrontas, mas lhes dá a força necessária para resistir firme na esperança, pois o combate do cristão pode ir ‘até o sangue’ (v. 4).

Pela fé o cristão pode ser livre das agruras desta vida ( Hb 11:33 -34), ou resistirem até o sangue ( Hb 11:35 -38).

Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem”
( Hb 11:1 )

A desobediência do povo no Antigo Testamento e suas conseqüências

( Hb 10:28 ) são apontadas como causa do insucesso.

Os problemas e obstáculos que o povo de Israel tiveram que suportar e passar Hb 10. 32 -34, leva-nos a concluír que não deveriamos lançar fora a confiança (v. 35).

1o.: Deveriam permanecer confiantes para continuarem livres do castigo divino e por terem uma grande recompensa.

A fé só é fé enquanto se esta aguardando, pois quando se alcança o esperado, já está diante da recompensa, e não de posse da fé.

A fé está fundamentada na certeza do que se espera e temos uma certeza tão segura que nada nos irá abalar. Sabemos esperar. “… e a prova das coisas que não se vêem”.

Não é a fé que faz surgir às provas, mas as provas manifestam a base para alicerçar a fé ( Rm 8:24 -25).

"Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe, e que é galardoador dos que O buscam" ( Hb:11:6 )

A fé não é a causa da existência de Deus, mas, Deus é o motivo de nossa fé.

O homem precisa acreditarr que Ele existe; só chegamos a Deus se cremos em sua existência. Não é a fé que faz surgir a pessoa de Deus) o homem tem que estar certo de que Deus recompensará aqueles que O buscarem.

Tags: ,


Calendar