Categorias
Noticias

Globo admite ter ocultado crimes de transexual pedófilo: “não era o objetivo da reportagem”

Fantástico mostrou pedófilo que estuprou e matou menino de 9 anos como vítima.

Isaías 5: 20 Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem chamam mal; que fazem das trevas luz e da luz fazem trevas; que mudam o amargo em doce e o doce mudam em amargo!

21 Ai dos que são sábios aos seus próprios olhos e inteligentes em seu próprio conceito!

22 Ai dos que são heróis para beber vinho e valentes para misturar bebida forte;

23 que por suborno justificam o ímpio, mas ao justo negam justiça!

Drauzio Varella abraça Suzy de Oliveira. (Foto: Reprodução / Rede Globo)

O Fantástico se pronunciou neste domingo (9) sobre os crimes cometidos pelo transexual Suzy Oliveira, (Rafael Tadeu de Oliveira do Santos) que foi apresentado em edição anterior como “vítima” por viver em completo isolamento na penitenciária onde cumpre pena por ter estuprado e matado uma criança de 9 anos.

A emissora carioca tentou dar um tom romantizado a história de crimes do pedófilo assassino, usando como pano de fundo sua condição ao cumprir pena em uma penitenciária masculina. Após a repercussão negativa, os apresentadores Tadeu Schmidt e Poliana Abritta tentaram justificar o caso.

Depois de lerem nota compartilhada pelo médico Drauzio Varella, o apresentador Tadeu Schmidt admitiu que a Globo ocultou os crimes cometidos pelo transexual, afirmando que “os crimes das entrevistas não foram mencionados porque esse não era o objetivo”

O Fantástico ignorou o fato de Rafael Tadeu de Oliveira do Santos, que atende vulgarmente por Suzy, na cadeia desde 2010, “praticou atos libidinosos consistentes em sexo oral e sexo anal com o menor Fábio dos Santos Lemos, que à época contava com apenas 09 anos de idade”, segundo processos 2014.00000636471 e 2017.0000531529, ambos julgados pela justiça paulista.

O pedófilo e estuprador “matou o ofendido mediante meio cruel, consistente em asfixia, e se valendo de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, haja vista tratar-se de criança, com mínima capacidade de resistência”, segundo a sentença.

Com informações do GospelPrime

Por Pastor Ângelo Medrado

Pastor Batista, Avivado, Bacharel em Teologia, PhDr. Pedagogo Holístico docente Restaurador, Physgal, Reverendo pela International Minystry of Restoration - USA - Multiuniversidade Tupinambarana - Descendente Indígena Tupinambarana, Autor dos Livros: A Maçonaria e o Cristianismo, O Cristão e a Maçonaria, A Religião do AntiCristo, Vendas Alto Nivel com Análise Transacional, Comportamento Gerencial. Conhecimentos de Ingles,Espanhol,Francês,
Casado, 4 filhos, 4 netos, Pastor da Igreja Batista Avivada em Brasilia,DF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.