Categorias
Artigos

Avanço do Evangelho: maior canal cristão do YouTube alcança 10 milhões de seguidores

Pastor Antônio Júnior disse que o mais importante não são os números, mas as vidas. “Para Deus 1 ou 10 milhões não faz diferença, pois Ele enxerga a cada um individualmente”, disse.
FONTE: GUIAME, CRIS BELONI
Pastor Antônio Júnior. (Foto: Divulgação)
Pastor Antônio Júnior. (Foto: Divulgação)

“Ide e pregai o Evangelho por todo o mundo” é um imperativo muito comum aos cristãos. Essa possibilidade nunca foi tão real quanto nos dias de hoje. Com o avanço da tecnologia, a internet permitiu que as pessoas pudessem levar a mensagem de Deus a terras onde sequer sonham pisar.

Em entrevista ao Guiame, o pastor Antônio Júnior disse que quando abriu seu canal no YouTube, a intenção era apenas alcançar as pessoas através das imagens. “Antes, eu só escrevia posts no Instagram, Facebook e site. Mas, eu queria alcançar as pessoas que são mais visuais como eu”, disse ao contar que entende melhor a Bíblia através de filmes e ilustrações.

“Era meu sonho transmitir a mensagem de Deus dessa forma visual, didática e fácil de entender. Quando gravo vídeos, eu sempre imagino aquela senhorinha lavando louça, numa comunidade sem recursos. Penso numa criancinha que pode estar ouvindo”, ilustrou.

“Ouvi Deus falando comigo”

Ao contar sobre suas experiências com Deus, o pastor disse que recebeu a instrução de abrir uma página no Facebook, em 2013. “Foi por onde comecei. Deus disse para eu abrir uma página no Facebook, pois Ele falaria com as pessoas ali, através da minha vida”, revelou.

Em apenas três meses, já havia mais de 100 mil seguidores. “E as pessoas testemunharam muito, dizendo que Deus estava falando com elas, que as mensagens eram profundas. Tudo cresceu muito rápido. No site tinha mais de 1 milhão de pessoas acessando”, especificou.

Ao contar sobre o crescimento instantâneo de suas redes sociais, o pastor reconhece: “É de Deus mesmo. Esse ministério é de Deus”.

Antônio Júnior
“Quero que o maior número de pessoas possa se converter e seguir a Jesus para serem salvas”, diz o pastor Antônio Júnior. (Foto: Divulgação)

“Meu objetivo é alcançar as pessoas independente de religião”

“O que eu faço é pregar o Evangelho e falar do amor de Deus. Meu público alvo são as pessoas que querem ouvir e meu objetivo é somente alcançar essas pessoas, independente de religião”, destacou.

O pastor sempre faz questão de deixar claro que “conhece os dois lados”, já que se converteu aos 18 anos. Por esse motivo toma muito cuidado para não agredir a religião dos outros. “Nunca preguei de maneira agressiva. Eu só quero mostrar para as pessoas que elas também podem ter um encontro com Deus”, disse.

“Deus pode mudar a vida das pessoas assim como mudou a minha. É isso o que queima no meu coração, eu quero que o maior número de pessoas possa se converter e seguir a Jesus para serem salvas”, mencionou.

Sobre o crescimento rápido no número de seguidores

“Sei que tem muitos católicos que me seguem, espíritas e até pessoas que não seguem religião nenhuma. As pessoas ouvem a mensagem porque não têm preconceito com a palavra de Deus, elas tem preconceito de religião”, esclareceu.

Conforme o pastor, em janeiro de 2015 havia 8 mil seguidores em seu canal no YouTube e, em dezembro do mesmo ano, já havia quase 1 milhão.

Antônio Júnior compartilha que não são os números que o inspiram a continuar a fazer esse trabalho. “Para Deus não faz diferença se tem 1 ou 10 milhões, porque Ele enxerga a cada um individualmente”, considerou.

 “Eu já pensei em desistir”

O pastor revela que já pensou em desistir várias vezes. “Muitas vezes eu chorei e tive muitos levantes do inimigo, porque ele não queria que essa obra continuasse. Mas, os testemunhos das pessoas me mostraram que eu estava no caminho certo”, continuou.

“Maridos estavam voltando para suas esposas, famílias inteiras estavam se convertendo. Foram tantos os testemunhos que me motivaram a continuar nessa jornada. Muito mais do que números, são vidas. Eu valorizo cada pessoa porque sei que ela é especial para Deus”, disse.

“Eu não consigo responder a todas, mas eu queria poder dar um abraço em cada uma delas. Sei que é impossível, então eu sempre falo nos vídeos: ‘Se a gente não puder se encontrar pessoalmente aqui, teremos tempo lá na glória’. Eu digo que vamos poder celebrar o que Jesus fez por nós”, resumiu.

O pastor Antônio Júnior tem 38 anos, é formado em publicidade, grava mensagens diariamente em seu canal no YouTube que atingiu na quarta-feira (9) a marca dos 10 milhões de seguidores, com mais de 1,3 bilhões de visualizações. Trabalha como pastor auxiliar na Igreja Presbiteriana do Brasil, em Minas Gerais.

Por Pastor Ângelo Medrado

Pr. Batista, Avivado, Bacharel em Teologia, PhDr. Pedagogo Holístico docente Restaurador, Reverendo pela International Minystry of Restoration - USA - Autor dos Livros: A Maçonaria e o Cristianismo, O Cristão e a Maçonaria, A Religião do Anticristo, Vendas Alto Nível com Análise Transacional, Comportamento Gerencial.
Casado, 4 filhos, 6 netos, 1 bisneto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.