Categorias
curiosidades

Numerologista afirma que um apocalipse ira começar dia 23 de abril de 2018

  

Parece que está virando moda afirmar que o mundo vai acabar, pois um numerólogo cristão está afirmando mais uma vez que o fim dos tempos está perto, ao menos para nós.

Tabloides britânicos e a Fox News fizeram publicações sobre um famoso teórico da conspiração que previu que um apocalipse ira começar dia 23 de abril de 2018. Não é a primeira vez que o cara faz uma previsão, como citamos, e talvez por isso ninguém mais dê credibilidade para ele. Pois bem, a gente conta mais detalhes sobre esse suposto fim do mundo que acontecerá esse mês.

Fim do mundo’ acontece mais uma vez

No dia 23 de abril, o Sol e a Lua estarão em virgem, assim como Júpiter, que representa o Messias. Segundo o numerólogo, é nessa data que um sistema planetário conhecido como “Planeta X”, ou “Nibiru”, aparecerá no céu. Esse ponto é apenas o começo do fim do mundo. Na verdade, o fim será em outubro, o mês em que Nibiru passará pela Terra e desencadeará erupções vulcânicas globais “devido à sua força gravitacional”. Essa história parece ser muito maluca para uma pessoa poder ter invetado, certo?

"Planeta X", ou "Nibiru"
“Planeta X”, ou “Nibiru”

No citamos no começo da matéria, essa mesma história se repetiu em setembro do ano passado. Os boatos diziam que ‘Nibiru’ estava chegando para engolir o nosso planeta. A NASA, cansada dessas mentiras circulando por todo o mundo, divulgou uma declaração pública dizendo que essa ideia era apenas uma má interpretação da mitologia maia e da ciência planetária.

Se Nibiru ou Planeta X fossem reais e fossem para um encontro com a Terra em 2012, os astrônomos a seguiriam pelo menos durante a última década, e isso seria visível a olho nu”, explicou a NASA na declaração. E aí, o que vocês acham dessa história? Para muitos isso não passa de balela.

As afirmações feitas em setembro de 2017 foram feitas pelo mesmo sujeito que fez essa nova teoria. O cara se autoproclamou um “numerólogo cristão” e publica livros sobre teorias da conspiração usando o pseudônimo David Meade.

A previsão do ano passado criou bastante agitação, deixando muitos cientistas aborrecidos. A Christian Today, uma empresa de notícias cristã, diz que também estava farta de suas teorias. A empresa afirmou o seguinte: “Está fazendo os cristãos parecerem tolos. Mais uma vez… Não existe um numerologista cristão”.

Então, podem ficar tranquilos que o mundo não irá acabar esse mês. Tudo não passa de mais uma notícia falsa que alguns malucos que habitam esse mundo inventam. Ou será que vai?

Fonte: aqui

Categorias
curiosidades

A jornada de Enoque: lugares visitados pelo profeta no céu e na terra

 

Enoque descobriu lugares secretos da mitologia do mundo antigo, lugares terrestres e celestes, como o Abismo, moradas de anjos caídos e Sheol(submundo judeu).

A jornada de Enoque lugares visitados pelo profeta

A história de Enoque diz que o profeta viajou com anjos para descobrir lugares misteriosos e ocultos na Terra e no Céu, como Sheol, além do Abismo, montanhas sagradas gigantes, moradas de anjos e anjos caídos, portas do céu e dez céus ou dimensões celestiais.

E quando Enoque viu isso, ficou com a alma amargurada e chorou por seus irmãos; e disse aos céus: Recusar-me-ei a ser consolado; mas o Senhor disse a Enoque: Anima-te e alegra-te; e olha.”

(Gênesis)

Existem muitos livros que foram banidos da bíblia por serem considerados apócrifos (incultos ou não inspirados por Deus).

Em sua considerável maioria eram justamente os mais reveladores, trazendo importantes informações sobre uma série de acontecimentos ligados aos contatos das divindades com o homem.

A jornada de Enoque para os céus foi liderada pelo arcanjo Uriel e começou com um tipo de nave espacial.

O profeta foi em uma especie de carro alegórico que emitia fogo e raios. Os Céus são descritos como um lugar inóspito e assustador, cheio de fogo e gelo.

A jornada de Enoque lugares visitados pelo profeta

Lá, ele encontrou estruturas ou templos feitos de fogo, gelo, estrelas cadentes e raios. Enoque também visita alguns portais dos quais surgem; chuva e neve, e no capítulo 33: 3-4 são notados os portões do céu e as estrelas que saem deles.

O Segundo Livro de Enoque é um texto pseudoepígrafo do século I a. C., falsamente atribuído ao profeta, mas baseado em tradições judaicas relacionadas a ele.

Neste livro, ele expande a jornada de Enoque para os dez céus:

O Primeiro Céu está acima do céu, onde os anjos controlam fenômenos atmosféricos, como chuva e neve.

No Segundo Céu, há uma “escuridão” onde os anjos rebeldes são torturados.

O Terceiro Céu mostra o Jardim do Éden. Mais ao norte desse céu, há um inferno onde os injustos e aqueles que viviam em pecado são torturados.

Enoque sobe ao Quarto Céu, onde observa o movimento do Sol e da Lua.

A jornada de Enoque lugares visitados pelo profeta

O Quinto Céu mostra muitos Grigori, alguns Vigias ou Anjos Caídos.No Sexto céu, Enoque encontra alguns arcanjos. Entre eles estão sete Phoenixes, sete querubins e sete seres com seis asas.

No Sétimo Céu; outro lugar cheio de anjos, Enoque consegue contemplar, à distância, o próprio Deus Javé sentado em seu trono, iluminado de uma maneira surpreendente e sobrenatural.

No Oitavo Céu vive Muzalot, que move o zodíaco e as constelações.

O nono céu é o mero firmamento superior, onde está o zodíaco estelar.

E no décimo céu está o trono do Senhor. Ali Enoque foi transformado em arcanjo (em Metatron, de acordo com as tradições judaicas).

O Abismo, o Sheol e outros lugares misteriosos da Terra

A jornada de Enoque lugares visitados pelo profeta

No capítulo 20 do Livro de Enoque (Livro I), Enoque observa o Abismo, um “poço escuro” cheio de fogo celestial. Uriel explica que é o lugar onde os Anjos Caídos serão presos. No lado oeste de uma grande montanha há um lugar onde as almas dos mortos se reúnem , esperando o Dia do Julgamento. É o Sheol, o submundo da mitologia judaica, onde humanos justos e injustos aguardam.Nos capítulos 24-25, a visita a outro local terrestre é narrada com uma colossal montanha de fogo e outras montanhas feitas de pedras preciosas. O maior deles é o trono onde Deus Yahweh se sentaria quando visitar a Terra no futuro.

Nesse trono está a Árvore da Vida do Paraíso.

Esotericamente, Enoque cita o período final da Atlântida, antes de seu afundamento devido à sua extrema corrupção. Os grandes Iniciados atlantes começaram a se degenerar (anjos unindo-se a mulheres) e isso não foi bem-visto pela Justiça Divina.

Atlantis de Platão

No capítulo 26, Enoque visita o “centro da Terra”, que tem uma corrente de água junto a uma “montanha sagrada”. A partir desse ponto de observação, localizou uma terra desolada, onde estão os que insultaram ou blasfemaram ao Senhor.

O Livro de Enoque e os outros dois atribuídos a ele (Segundo e Terceiro Livro) são leituras fascinantes de experiências extraordinárias desse profeta antigo.

De acordo com o Mestre Samael Aun Weor, o profeta Enoque foi na verdade uma das encarnações do poderoso Anjo Metraton, tão citado na Angelologia.

Posteriormente, no período áureo do Egito Antigo, esse profeta encarnou-se e se chamou Tehuti, mais conhecido entre nós como Hermes Trismegisto.

A jornada de Enoque lugares visitados pelo profeta

E entre os fenícios, foi Cadmos, o criador da escrita. Acompanhemos a seguir os dizeres de Samael sobre o Patriarca Enoque.

Talvez sim, esses lugares são reais, e apenas alguns humanos, como Enoch, foram capazes de testemunhar.

Categorias
curiosidades

A Profecia Hopi: o fim do nosso mundo e o “quinto mundo” que virá

 

A profecia dos Hopi fala sobre uma grande destruição que viria devido a um “desequilíbrio” gerado pelas ações negativas do ser humano.

Os anciãos Hopi transmitiram avisos e profecias sobre as transgressões dos seres humanos, contra nós mesmos, a natureza e a Terra.

Segundo eles estaríamos no chamado

Quarto Mundo”,

e essas transgressões poderiam trazer um fim, juntamente com a criação de um

Quinto Mundo”;

Que vai ser uma reinicialização!

Os Hopi são uma cidade ameríndia centralizada no Arizona, Estados Unidos. Entre sua mitologia está Tawa, um espírito do Sol, criador do mundo.

Outras divindades são Sotuknang, que teria criado 9 universos, e a Mulher-Aranha, intercessora entre os deuses e os seres humanos.

A profecia dos Hopi e nosso Quarto Mundo que está em perigo

A profecia inclui 9 sinais que marcarão o fim dos tempos

Os Hopi conceituaram cerca de 7 eras ou mundos do mundo, que teriam sido destruídos por cataclismos. Cada mundo termina de maneira violenta, em uma

purificação”.

O Primeiro Mundo foi destruído pelo fogo, o Segundo Mundo pelo gelo, e o Terceiro Mundo foi destruído por uma grande inundação.A razão para essa destruição passada estaria na negatividade da humanidade, tendo entrado em desarmonia. Também foi devido a um desprezo pela Mãe Terra.

De acordo com a profecia Hopi, estaríamos no Quarto Mundo e, devido às mesmas transgressões e abusos do ser humano, já poderíamos estar vendo o fim do nosso mundo.

Vários anciãos indígenas alertaram sobre os tempos difíceis hoje.

Em 1970, Dan Katchongva, líder do Clã do Sol da cidade de Hotevilla, disse:

Temos ensinamentos e profecias que nos informam que devemos estar atentos aos sinais e presságios que virão para nos dar coragem e força para manter nossas crenças.

O sangue fluirá. Nossos cabelos e nossas roupas serão espalhados no chão. A natureza fala conosco com seu poderoso sopro de vento.

Haverá terremotos e inundações que causarão grandes desastres, mudanças nas estações e no clima, desaparecimento da vida selvagem e fome de diferentes maneiras.

Haverá corrupção e confusão graduais entre líderes e pessoas ao redor do mundo, e as guerras ocorrerão como ventos fortes. Tudo isso foi planejado desde o início da criação.

Nós já estaríamos nos movendo em direção ao Quinto Mundo! E já estaríamos vendo um clima irregular e esses desastres naturais.

Os 9 sinais do fim do mundo: Quarto Mundo
ancião Hopi
Ancião Hopi

Nosso quarto mundo é chamado Tuwaqachi (idioma Hopi). A profecia inclui 9 sinais que marcarão o fim dos tempos. Pensa-se que oito desses sinais ou presságios foram cumpridos.

Esses 9 sinais foram publicados por Bob Frissell, recebido de um ancião Hopi chamado

Pena Branca”.

Primeiro sinal:

A chegada de homens de pele branca, semelhantes aos Pahana, mas não iguais a eles, tomará terras que não lhes pertencem (alusão à colonização européia).

Segundo sinal:

Nossas terras verão a chegada de rodas de madeira (carros e carruagens européias).

Os 9 sinais do fim do mundo (Quarto Mundo)

Terceiro sinal:

Uma besta desconhecida, semelhante a um búfalo, dominará as planícies em números gigantescos (o gado que os europeus trouxeram).

Quarto sinal:

A terra será atravessada por cobras de aço (alusão aos trilhos de trem construídos a partir do século XIX).


 

Quinto Sinal:

A Terra está ocupada por uma teia gigantesca (Pena Branca apontada para o céu, com o telefone e as linhas elétricas).

o Quinto Mundo

Sexto sinal:

A terra será invadida por rios de pedra que refletirão os raios do sol (alusão às viárias redes).

Sétimo Sinal:

Você ouvirá que o mar ficará preto e muita vida sucumbirá (poluição do petróleo).

Oitavo Sinal:

Chegará quando muitos jovens adotarem os cabelos hopi (longos) e se juntarem às comunidades tribais para aprender suas tradições e adquirir sua sabedoria.

Alguns acreditam que essa profecia já foi cumprida, associando-a ao movimento hippie, outros acham que não foi cumprida.

A Profecia Final! Hopi Prevê a queda

Nono sinal:

Virá quando os homens souberem de uma morada celestial que terá que cair com um grande impacto, aparecendo como uma estrela azul. Logo depois disso, as cerimônias Hopi deixarão de existir.


Segundo a profecia, somente aqueles que viveram com benevolência e seguiram os ensinamentos de Tawa podem passar para o Quinto Mundo.

Uma questão muito importante aqui é o respeito pela natureza e pela Terra. Essa é uma mensagem ecológica crucial para nossa atual situação de sofrimento.