Categorias
Cultos

Deputados do PT manifestam apoio ao Sínodo da Amazônia do Vaticano

Evento organizado pelo papa Francisco debate preservação da floresta.

Bombeiro trabalhando em incêndio na Amazônia. (Foto: AFP)

Uma audiência pública está sendo organizada por parlamentares do Partido dos Trabalhadores (PT) e deputados de outros partidos em apoio ao Sínodo da Amazônia, evento organizado pelo Vaticano.

A audiência pública será realizada na Câmara dos Deputados, na Comissão de Direitos Humanos e Minorias, e os deputados pretendem formular um documento sobre “Direitos Humanos na Amazônia e no Brasil”.

“Estamos prontos para contribuir com essa Assembleia tão importante, que está sendo retaliada pelo governo Bolsonaro, simplesmente porque o tema é a Amazônia que está sendo destruída e entregue ao capital estrangeiro. Todos que estão nesse apoio merecem nossos parabéns”, disse o deputado Frei Anastácio (PT-PB).

Os políticos pretendem enviar uma comitiva para participar do evento em Roma, que será realizado de 6 a 27 de outubro. O papa Francisco havia anunciado que vetaria participação de políticos no sínodo.

Participaram da reunião os deputado petistas Padre João (MG), Patrus Ananias (MG), Pedro Uczai (SC), Airton Faleiro (PA), Nilto Tatto (SP), Helder Salomão (ES), Marcon (RS), e Alessandro Molon (PSB-RJ).

Por Pastor Ângelo Medrado

Pastor Batista, Avivado, Bacharel em Teologia, PhDr. Pedagogo Holístico docente Restaurador, Physgal, Reverendo pela International Minystry of Restoration - USA - Multiuniversidade Tupinambarana - Descendente Indígena Tupinambarana, Autor dos Livros: A Maçonaria e o Cristianismo, O Cristão e a Maçonaria, A Religião do AntiCristo, Vendas Alto Nivel com Análise Transacional, Comportamento Gerencial. Conhecimentos de Ingles,Espanhol,Francês,
Casado, 4 filhos, 4 netos, Pastor da Igreja Batista Avivada em Brasilia,DF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.