Categorias
Ciência
Items, which the Israel Antiquities Authority (IAA) estimate to be around 1600 years old, are displayed after it was recovered from a merchant ship in the ancient harbor of the Caesarea National Park May 16, 2016. REUTERS/ Baz Ratner
Arqueólogos mergulhadores resgataram estátuas de bronze, milhares de moedas de 1.600 anos atrás e outros objetos romanos em um navio naufragado perto do antigo porto de Cesárea, em Israel. De acordo com informações desta segunda-feira (16) do departamento de Antiguidades do país, o tesouro foi encontrado pelos mergulhadores amadores Ran Feinstein e Ofer Raanan em abril.
“Há 30 anos não encontramos em Israel uma carga marítima como essa. As descobertas de estátuas de metal são raras porque na Antiguidade elas costumavam ser derretidas”, afirmou em comunicado Jacob Sharvit, diretor da unidade marítima do departamento de Antiguidades, em conjunto Dror Planer, auxiliar da unidade.
Constantino, o Grande – A grande surpresa foi a descoberta de dois sacos de 20 quilos lotados de milhares de moedas. Elas têm a imagem do imperador romano Constantino, o Grande (que viveu entre 274 e 337 d.C.), e de seu sucessor e rival Licinio, que governou a parte leste do império entre 308 e 324 d.C.. A recuperação dos objetos foi realizada nas últimas semanas por mergulhadores especializados e voluntários. A equipe utilizou equipamentos avançados para desenterrar os artefatos.
Fonte: Veja

Por Pastor Ângelo Medrado

Pastor Batista, Avivado, Bacharel em Teologia, PhDr. Pedagogo Holístico docente Restaurador, Physgal, Reverendo pela International Minystry of Restoration - USA - Multiuniversidade Tupinambarana - Descendente Indígena Tupinambarana, Autor dos Livros: A Maçonaria e o Cristianismo, O Cristão e a Maçonaria, A Religião do AntiCristo, Vendas Alto Nivel com Análise Transacional, Comportamento Gerencial. Conhecimentos de Ingles,Espanhol,Francês,
Casado, 4 filhos, 4 netos, Pastor da Igreja Batista Avivada em Brasilia,DF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.