Categorias
Ciência

ATERRORIZANTE: Funcionária da NASA Adverte o Mundo Sobre a chegada de NIBIRU e suas consequências.-Atualizado

 “Quando pois virdes que a abominação da desolação, predita pelo profeta Daniel, está no lugar santo (Céu) (aquele que lê, entenda:) Então, os que estiverem na Judeia fujam para os montes…Porque haverá então grande tribulação, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá” (Mateus 24: 15, 16, 21).

Este post foi feito (tradução) com a ajuda do amigo Vlamir Marques do Facebook.

(Artigo Indicado pelo Amigo Celio Freedon)
Por Pattie L. Brassard (foto)
NOTAS nossas serão antecedidas por (*)

Em entrevista nos dias 6 e 7 de agosto de 2013 à Veritas Rádio, com Pattie conta tudo !

Bom, pra começar, o currículo dela não deixa dúvidas de que Sra. Brassard teve acesso aos segredos através das funções exercidas no exército, Microsoft e na própria NASA.
Sem titubear, Brassard inicia suas revelações ao tratar do acidente nuclear em Fukushima, Japão, em 2011. Sim, o terremoto/tsunami foi um evento natural se você considera como ‘natural’ o alinhamento do Segundo Sol que está entrando no Sistema Solar e já poderá ser visto por todos antes mesmo do fim deste ano.

Algo semelhante a Fukushima está para ocorrer em Seattle/EUA.

(*)NOTÍCIA DE HOJE: Pequeno Terremoto Assusta Moradores da Região de Seattle em 20/08/13: http://www.kitsapsun.com/news/2013/aug/20/small-earthquake-felt-near-gig-harbor/#axzz2cY646yGR

……………………………………………………………..
Como Pattie Brassard ficou sabendo disso tudo ?

Ora, ela trabalhou para o exército americano, justamente no setor de comunicação por satélite, defesa anti-mísseis e uplinks. Na NASA, ela teve acesso a todos os canais de comunicação restritos e de uso militar, inclusive os relatórios secretos enviados pelos observatórios em órbita.Isso explica não só como ela teve acesso, mas também responde a várias questões:
– A construção em tempo recorde de um mega telescópio no deserto do Atacama.
– A construção de um supertelescópio na Antártida.
– O envio de sondas de monitoramento à Marte.
– O ultramoderno telescópio do Vaticano.
– A intensificação de cometas e asteroides.
– Maior número de meteoritos (bolas de fogo) chegando à Terra….e por aí vai…inclusive toda a preparação que temos visto acontecer e se intensificar nos últimos meses como a escavação de cidades subterrâneas e a FEMA estocando mantimentos
………………………………………………………………
Bom, voltemos então ao terremoto na região de Seattle: ela não explica como, mas os militares e cientistas da NASA devem ter como calcular o próximo alinhamento do Segundo Sol causando um forte terremoto, tão forte que será capaz de arruinar a Califórnia…ou mesmo afundá-la no oceano.

“As coisas só vão piorar de agora em diante”, alerta Brassard.

O Segundo Sol está chegando com seus 7 planetas. Chamemos pelo nome que quisermos (Planeta X, Nibiru, Hercólobus, Absinto), o certo é que ele já foi predito. Este Segundo Sol é 1/10 o tamanho do nosso Sol, mas um dos planetas que traz consigo é quatro vezes o tamanho de Júpiter (o Kachina Azul predito pelos índios Hopi).

Segundo Sra. Brassard, veremos as coisas piorarem sensivelmente de agora em diante. Os planetas terão suas órbitas perturbadas, a rotação da Terra diminuirá, o campo magnético também ficará mais fraco…Novembro será o pior momento !

Os rastros químicos (chemtrails) aspergidas por aviões, principalmente no hemisfério norte, é uma tentativa desesperada de se encobrir este “segundo sistema solar” que se avizinha do nosso e que tantas perturbações causa.

A NASA já sabe que nenhuma arma é capaz de mudar a rota do Segundo Sol. 
Tudo é inútil. As “chemtrails” estão aspergindo produtos químicos tóxicos para reduzir a população (porque o número de mortos será de bilhões). Daí a FEMA ter comprado tantos caixões funerários com anos de antecedência.

Ao nascer e pôr-do-sol todos poderão ver o Segundo Sol, mas nenhuma agência governamental irá dizer nada a respeito porque apenas a “elite” está sendo preparada. Toda a propaganda em torno do fim do mundo em 2012 foi propositalmente feita pela elite para acalmar a população, visto que sabiam que iria falhar (o fim do mundo), então, ninguém mais acreditaria quando dissessem que não seria em 2012, mas em 2013/2014.

Eles sabem as datas exatas.

Eles sabem que toda a rede elétrica do planeta será danificada e o povo ficará sem eletricidade de uma hora para outra.
(*) Por isso criaram o banco de sementes na noruega e a biblioteca digital.

O cometa ISON é maior do que o que eles dizem ser. Sua cauda vai criar problemas. Mas eles não vão alertar a ninguém sobre o que vem. Querem o povo adormecido.

A radiação que atingirá a Terra será devastadora. Só então saberemos porque construíram pirâmides e templos de pedra no passado: são verdadeiras Gaiolas Faraday – http://pt.wikipedia.org/wiki/Gaiola_de_Faraday.

O nível do mar vai subir e muitos países serão submersos. Eclipse de 3 dias ! (evento costeiro e a Profecia dos 3 Dias de Escuridão).

(*)Isso me lembrou os “Mapas Pós-Transição” psicografados por vários médiuns ao redor do mundo e videntes de Nossa Senhora, como o brasileiro Cláudio Heckert.

O caos será gigantesco, mas um novo mundo surgirá depois disso.
Até lá, as tropas militares atirarão sem piedade em quem não cumprir as recomendações. Isso explicaria o atual movimento de equipamentos militares nos EUA, flagrado por civis. Também a presença de militares estrangeiros como russos e chineses em solo americano: a ‘elite’ já teria escolhido a América como o lugar onde o novo mundo ressurgirá.

Segundo Brassard, a única salvação à radiação que virá é estar no subterrâneo. Tudo vai queimar na superfície.
A queda daquele meteoro na Rússia não foi por acaso, foi um teste. Eles testaram um raio a partir da Estação Espacial Internacional e vejam no que deu.

Por sorte a Rússia conseguiu interceptar o meteorito segundos antes do seu impacto com o chão, o que teria sido devastador.

Eles já sabem que nós não temos tecnologia para nos proteger do que vem pela frente. Nossas armas são inúteis.

Segue abaixo o vídeo com a entrevista de Pattie a Veritas Rádio.
NOTA: Já falamos muito sobre Nibiru, basta pesquisar neste blog, as perturbações (todas) que estão ocorrendo no sistema solar, órbita estranha da lua, explosões fortes do sol. possível inversão do campo magnético do sol, etc…são causados por muitos “corpos enormes” que entraram em nosso sistema solar.

ATUALIZAÇÃO:

Atenção:
Pattie L. Brassard confirmou a um de nossos amigos do Facebook que a entrevista é verídica, ela confirma tudo que disse na entrevista.

Por Misael Rossi: “Olá Célio , hoje depois de ver a matéria que voce publicou em seu blog eu fui atras de informações e consegui conversar com a Pattie Brassard e ela me confirmou tudo naquela entrevista de radio , confirmou que era ela que as informações procedem.”
Veja a conversa que tive com ela
Pattie L. Brassard
hello 20:43 Misael Rossi Hello Ms Pattie , My name is Misael i live in Brazil . i received a video where say to be you in a interview talking about second sun,id like know if is real ? if is you in interview and if the informations are true ? 20:43 Misael Rossi these is video http://www.youtube.com/watch?v=ye9BgvNvjK0#t=10 Veritas Radio | Whistleblower Pattie Brassard | Second Sun, 7 planets + Fukushima www.youtube.com *** Please LIKE / Comment / Subscribe to This Channel! **** This is a Veritas Special Report from http://www.veritasradio.com The information presented is th… 20:44 Pattie L. Brassard Yes it’s real.. and tryth truth 20:44 Misael Rossi omg 20:44 Pattie L. Brassard go to my site.. not as bad as you think.. once know all the facts
Agradecimentos ao amigo Misael pela grande colaboração.
Abaixo o perfil dos dois no Facebook:
https://www.facebook.com/misael.rossihttps://www.facebook.com/PattieBFine
https://www.facebook.com/misael.rossi
Categorias
Artigos

Pestilências são um sinal da volta de Cristo, lembra pastor

Hernandes Dias Lopes fez alerta em suas redes sociais

Hernandes Dias Lopes. (Foto: Reprodução / Facebook)

O reverendo presbiteriano Hernandes Dias Lopes fez um alerta a todos os cristãos em seu perfil do Facebook. Falando sobre a segunda vinda de Cristo, o pastor lembrou de alguns sinais bíblicos que evidenciariam os tempos do fim.

Asseverando que ninguém pode marcar ou prever a data do retorno de Cristo, o reverendo apontou alguns sinais que deveriam mobilizar os cristãos em sua fé e alertar sobre a brevidade dos tempos.

O alerta acontece em meio ao alarde de surto do coronavírus, que já causou a morte de 2,9 mil pessoas na China e outras 120 em outras partes do mundo, de acordo com dados oficiais do governo chinês. Fora da China, o vírus segue se espalhando no Irã, Itália e Estados Unidos.

O Brasil segue com 2 casos confirmados e 433 casos suspeitos. Os dois infectados são brasileiros que estiveram recentemente na Itália. Eles estão em isolamento domiciliar.

Confira os 10 sinais listados pelo reverendo:

  1. Engano religioso;
  2. Guerras e rumores de guerra;
  3. Terremotos;
  4. Pestilências;
  5. Aumento da ciência;
  6. O aumento da iniquidade;
  7. O esfriamento do amor;
  8. A perseguição religiosa;
  9. A apostasia;
  10. O aparecimento do homem da iniquidade.
Categorias
Artigos

Estaríamos vivendo o começo do Apocalipse?

Série de trágicos eventos globais em 2020 faz com que muitos acreditem que estamos vivendo o Apocalipse.

Estaríamos vivendo o começo do Apocalipse?
Os quatro cavaleiros do Apocalipse. Crédito: Wikipedia

Fala-se do fim do mundo se aproximando novamente – e desta vez os cristãos atestam que a prova bíblica de que o planeta Terra pode estar chegando ao fim de uma era é irrefutável.

Eles dizem que os sinais estão à nossa volta:

  • Terremoto de magnitude 7,7 que atingiu o vale de Cayman em janeiro
  • Tensões entre os EUA e o Irã que quase escalaram em guerra total
  • Incêndios devastadores e tempestades de poeira que devastaram a Austrália
  • Enxames de gafanhotos que assolam a África que ameaça a segurança alimentar de milhões
  • Turbulência política na Europa que abriu caminho para a Grã-Bretanha dar as costas aos vizinhos da UE
  • Extremos climáticos em todo o mundo
  • Surto de uma pandemia virulenta do COVID-19, junto com sua brutal canibalização dos mercados financeiros globais.

O fim do mundo, como muitos estudiosos cristãos vêem, não significa que o mundo terminará amanhã ou na próxima semana, mas que os recentes eventos de tremor de terra são um sinal de alerta de que estamos prestes a entrar em um novo período de turbulência e tribulações planetárias.

Na Bíblia, esse período agourento de sofrimento e angústia global sem precedentes é precedido por uma intervenção de Deus no curso dos assuntos humanos. Os anciãos Hopi têm até um nome para isso. Eles se referem a esse período problemático como A Grande Purificação e dizem que poucos provavelmente sobreviverão a ele.

No mundo secular de hoje, onde ciência e tecnologia têm uma resposta digital para praticamente tudo, essa conversa, por mais convincentes que sejam os argumentos, não é um bom presságio para a sociedade humanista de hoje. Na sua opinião, a realidade é linear, ditada pela razão, governada pelas leis da ciência e não sujeita a nenhuma mudança de vida causada por um reino sobrenatural.

Seja como for, ninguém pode argumentar que o ano de 2020 está começando notavelmente diferente de qualquer outro que a maioria de nós já viu em nossos tempos de vida. Tudo isso é realçado por uma série cada vez maior de crises que estão ameaçando a vida neste planeta para todos nós.

Os problemas do planeta são numerosos e complexos: mudança climática, acidez e poluição dos oceanos, escassez de alimentos e água, aumento das emissões de carbono, erradicação de florestas tropicais e destruição de recifes de coral, demanda insustentável de alimentos, novos padrões de doenças emergentes e crescente resistência antimicrobiana, o derretimento das calotas polares e a subida subsequente do nível do mar em todo o mundo.

Ciência e religião nunca concordam plenamente uma com a outra – mas, pelo menos agora, elas podem se encontrar na mesma sala e discutir e abordar, ou mesmo resolver alguns dos problemas mais urgentes do mundo.

Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações se verão em angústia e perplexidade com o bramido e a agitação do mar.

Os homens desmaiarão de terror, apreensivos com o que estará sobrevindo ao mundo; e os poderes celestes serão abalados.

Lucas 21:25,26

Sinais no Sol, na Lua e nas estrelas

Uma estrela jovem e brilhante tem agido um pouco errática ultimamente. A estrela, Betelgeuse, está subitamente escurecendo. Pode ser um sinal, dizem os astrônomos, de que a estrela está prestes a explodir. Outra possibilidade é que a supergigante vermelha esteja apenas passando por uma fase.

Ed Guinan, professor de astronomia da Universidade Villanova, foi o principal autor de um artigo de 8 de dezembro intitulado “The Fainting of the Nearby Supergiant Betelgeuse” (O Esvaecimento da Supergigante Betelgeuse nas Proximidades’. Ele disse à CNN que Betelgeuse tem diminuído bastante desde outubro, e agora está 2,5 vezes mais fraca que o normal. A nona estrela mais brilhante do céu, Betelgeuse caiu agora para a 23ª mais brilhante (embora pareça agora estar recuperando seu brilho). No último meio século, a estrela nunca diminuiu de forma tão agressiva, e isso pode significar que estamos à beira de algo extraordinário. –CNN, 26 de dezembro de 2019

O mar e as ondas rugem

Uma criança está morta e outra está desaparecida depois de serem levadas para o mar com seu pai no estado de Oregon (EUA), no sábado, informou a polícia. Jeremy Stiles, 47, de Portland, estava segurando sua filha de 7 anos, Lola, e seu filho de 4 anos, William, na praia de Falcon Cove, em Arch Cape, na tarde de sábado, quando uma onda os levou ao oceano, a polícia do estado de Oregon A polícia disse em um comunicado.

A polícia que chegou ao local encontrou Stiles lutando para sair da água, enquanto sua filha estava mais longe no oceano. Um policial do Departamento de Polícia de Manzanita conseguiu levar a garota de volta à costa, de acordo com o comunicado. A trilha que eles estavam usando foi atingida por uma onda surpresa, segundo a família.

As ondas surpresa são “ondas maiores que a média que podem repentinamente e sem aviso disparar dezenas de metros acima da praia do que o esperado”, segundo o Serviço Nacional de Meteorologia. –CNN 13 de janeiro de 2020

(Fonte)n3m3