Categorias
Noticias

Pastor recebe carta de muçulmanos com ameaça: “Vamos matá-los como cabra”

Mutum é o fundador e diretor do Nehemiah Camp em Kafanchan, na Nigéria.

Moradores assistem a um enterro em massa para 17 pessoas mortas em um ataque

Moradores assistem a um enterro em massa para 17 pessoas mortas em um ataque (Foto: Reprodução/Usman Stingo)

O pastor e trabalhador humanitário, Gideon Agwom Mutum, foi ameaçado de morte por ter “insultado” a tribo islâmica Fulani, na Nigéria. “Vamos matar você e sua família como cabras. Conhecemos sua casa, sua igreja e até mesmo sua família”, dizia o texto.

Na segunda-feira, por volta do meio-dia, Mutum encontrou uma carta de duas páginas perto de seu carro que estava estacionado na sua casa, segundo a organização britânica, Christian Solidarity Worldwide.

O documento anônimo alega que o pastor, que auxilia os moradores que foram deslocados por causa dos ataques Fulani armados contra as comunidades agrícolas do estado de Kaduna, “insultou” a tribo Fulani na mídia.

Além disso, a carta ameaça destruir uma escola que foi construída por Mutum no vilarejo de Pasakori, em Kaura, e caçar o jornalista e ativista Steven Kefas, que ficou detido por 150 dias em 2019.

“Nós estamos vindo. A Nigéria é nossa terra. Kaduna do sul é nossa terra”, ameaça a carta.

Violência por 6 dias consecutivos

No mesmo dia em que a carta foi enviada, agressores armados atacaram comunidades na região do governo local de Zangon Kataf pelo sexto dia consecutivo, 33 pessoas foram mortas e 215 casas e 4 igrejas foram destruídas, de acordo com o Southern Kaduna People’s Union.

As vítimas teriam identificado os seus agressores como pastores Fulani. Mutum é o fundador e diretor do Nehemiah Camp em Kafanchan, área do governo local de Jema’a, na Nigéria.

“É inaceitável e indesculpável que os ataques a Zangon Kataf LGA continuem por seis dias consecutivos sem interceptação, indicando uma falha abrangente de segurança e governança”, disse o fundador da CSW, Mervyn Thomas, reportou o The Christian Post.

Categorias
Estudos

Deus envia pragas à humanidade?

“Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu.” (Lucas 21.11)

Pintura sobre a peste negra (Reprodução)

“Seu esplendor era como a luz do sol; raios lampejavam de sua mão, onde se escondia o seu poder. Pragas iam adiante dele; doenças terríveis seguiam os seus passos.” (Habacuque 3.4-5)

Segundo porque o nome do profeta, em hebraico, significa “abraçar”. Um abraço em tempos de pandemia, como este que estamos vivendo, é algo muito valioso.

Então, apesar do isolamento social por conta do Covid-19 ou coronavírus, sinta-se abraçado por Deus nesse momento, através de sua Palavra.

O que será que o texto quer dizer com “pragas iam adiante dele; doenças terríveis seguiam os seus passos.”

Pode parecer estranho, mas o personagem oculto dessa passagem é o próprio Deus. Como podemos entender esse cenário? Normalmente, destacamos que Deus é o próprio amor, a cura para os doentes, o alimento dos necessitados e a paz para os aflitos.

Então como entender que Deus permite uma cena violenta, com pragas, doenças e guerras?

Precisamos compreender o significado da palavra “praga” e depois saber o que significa “peste” para que não haja dúvidas no meio desse estudo.

Os dicionários do nosso tempo dizem que praga quer dizer maldição e que essa maldição chega por meio de tragédias, calamidades e sofrimentos.

Pestes, por sua vez, são doenças contagiosas ou infecções causadas por meio de animais. Logo, as pragas podem também chegar através de pestes.

Resumindo: pragas podem ser doenças que se espalham, invasão de animais e insetos, catástrofes vindas pela fúria da natureza e também eventos que envolvem tragédias naturais. É o que a Bíblia nos mostra.

Seguem alguns exemplos:

As 10 pragas do Egito (Êxodo, capítulos 7 a 11):

  1. Poluição das águas (Êxodo 7.17)
  2. Invasão de rãs (Êxodo 8.2)
  3. Pediculose, que é o surto de piolhos (Êxodo 8.16)
  4. Infestação de moscas, que atingiu o gado (Êxodo 8.21)
  5. Doenças em animais (Êxodo 9.3)
  6. Doenças graves de pele, em pessoas e animais (Êxodo 9.8)
  7. Chuva de granizo que atingiu homens, animais e a vegetação (Êxodo 9.18)
  8. Ataque de gafanhotos que devorou o que restou das plantações (Êxodo 10.4)
  9. Trevas, que foi um fenômeno natural (Êxodo 10.21)
  10. Morte dos primogênitos (Êxodo 11.5)

Só aqui vimos vários tipos de pragas, vindas por meio de anfíbios, insetos, pestes, fenômenos da natureza e até morte. Quem enviou essas pragas? A Bíblia é clara quanto a isso.

  • Praga 1 – “Eu ferirei as águas…” (Êxodo 7.17)
  • Praga 2 – “Mandarei sobre todo o seu território uma praga de rãs.” (Êxodo 8.2)
  • Praga 3 – “Diga a Arão que estenda a sua vara e fira o pó da terra, e o pó se transformará em piolhos.”(Êxodo 8.16)
  • Praga 4 – “Enviarei enxames de moscas para atacar você…” (Êxodo 8.21)
  • Praga 5 – “Saiba que a mão do Senhor trará uma praga terrível sobre os rebanhos do faraó que estão nos campos.” (Êxodo 9.3)
  • Praga 6 – “Tirem um punhado de cinza de uma fornalha, e Moisés a espalhará no ar, diante do faraó. Ela se tornará como um pó fino sobre toda a terra do Egito, e feridas purulentas surgirão nos homens e nos animais em todo o Egito.” (Êxodo 9.8-9)
  • Praga 7 – “Mandarei desta vez todas as minhas pragas contra você.” (Êxodo 9.14)
  • Praga 8 – “Farei vir gafanhotos sobre o seu território amanhã.” (Êxodo 10.4)
  • Praga 9 – “Estenda a mão para o céu, e trevas cobrirão o Egito.” (Êxodo 10.21)
  • Praga 10 – “Todos os primogênitos do Egito morrerão.” (Êxodo 11.5)

São ordens de Deus, pragas que Ele mesmo enviou e situações que administrou, estabelecendo a forma como viriam e o tempo que durariam. Além disso, deixou claro que havia um propósito em tudo isso.

Você pode estar pensando agora: mas isso está no Antigo Testamento. Então vamos para o Novo:

“Saíram do santuário os sete anjos com as sete pragas.” (Apocalipse 15.6)

Quais são essas sete pragas reservadas para o fim dos tempos?

O livro de Apocalipse diz que os anjos “vão derramar sobre a terra as sete taças da ira de Deus” (Apocalipse 16.1).

Antes disso, João anunciou as pragas das trombetas que destruiriam um terço de tudo na terra. Mas as pragas das taças serão enviadas para a destruição total. Vamos ao resumo sobre essas pragas:

Primeira (sobre a terra)
Feridas malignas e dolorosas naqueles que terão a marca da besta. (Ap 16.2)

Se transformará em sangue, como de um morto, e morrerá toda criatura do mar. (Ap 16.3)

Terceira (sobre rios e águas potáveis)
Os rios e fontes de águas se transformarão em sangue. (Ap 16.4)

Quarta (sobre a luz)
O sol terá poder para queimar os homens com fogo. (Ap 16.8)

Quinta (sobre o mal)
O trono da besta ficará em trevas. (Ap 16.10)

Sexta (preparo para a grande batalha)
A praga será derramada sobre o grande rio Eufrates, sua água secará e abrirá o caminho para os reis que vêm do Oriente. (Ap 16.12)

Sétima (consumação de tudo)
Do santuário sairá uma forte voz, vinda do trono, dizendo: Está feito! (Ap 16.17)

“Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu.” (Lucas 21.11)

“Cuidado, que ninguém os engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo! e enganarão a muitos. Vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras, mas não tenham medo. É necessário que tais coisas aconteçam, mas ainda não é o fim.
Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá fomes e terremotos em vários lugares. Tudo isso será o início das dores.” (Mateus 24.4-8)

“Então eles os entregarão para serem perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados por todas as nações por minha causa. Naquele tempo muitos ficarão escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros, e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos. Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo. E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim.” (Mateus 24.9-14)

Jornalista e pesquisadora apaixonada pela Bíblia. Desenvolveu um trabalho de “Jornalismo Investigativo Bíblico”, é autora dos livros Derrubando Mitos e Apocalipse Investigado. Seus temas envolvem missões transculturais, Igreja Perseguida, teorias científicas, escatologia e análises de textos bíblicos.

Categorias
curiosidades

A Profecia Hopi: o fim do nosso mundo e o “quinto mundo” que virá

 

A profecia dos Hopi fala sobre uma grande destruição que viria devido a um “desequilíbrio” gerado pelas ações negativas do ser humano.

Os anciãos Hopi transmitiram avisos e profecias sobre as transgressões dos seres humanos, contra nós mesmos, a natureza e a Terra.

Segundo eles estaríamos no chamado

Quarto Mundo”,

e essas transgressões poderiam trazer um fim, juntamente com a criação de um

Quinto Mundo”;

Que vai ser uma reinicialização!

Os Hopi são uma cidade ameríndia centralizada no Arizona, Estados Unidos. Entre sua mitologia está Tawa, um espírito do Sol, criador do mundo.

Outras divindades são Sotuknang, que teria criado 9 universos, e a Mulher-Aranha, intercessora entre os deuses e os seres humanos.

A profecia dos Hopi e nosso Quarto Mundo que está em perigo

A profecia inclui 9 sinais que marcarão o fim dos tempos

Os Hopi conceituaram cerca de 7 eras ou mundos do mundo, que teriam sido destruídos por cataclismos. Cada mundo termina de maneira violenta, em uma

purificação”.

O Primeiro Mundo foi destruído pelo fogo, o Segundo Mundo pelo gelo, e o Terceiro Mundo foi destruído por uma grande inundação.A razão para essa destruição passada estaria na negatividade da humanidade, tendo entrado em desarmonia. Também foi devido a um desprezo pela Mãe Terra.

De acordo com a profecia Hopi, estaríamos no Quarto Mundo e, devido às mesmas transgressões e abusos do ser humano, já poderíamos estar vendo o fim do nosso mundo.

Vários anciãos indígenas alertaram sobre os tempos difíceis hoje.

Em 1970, Dan Katchongva, líder do Clã do Sol da cidade de Hotevilla, disse:

Temos ensinamentos e profecias que nos informam que devemos estar atentos aos sinais e presságios que virão para nos dar coragem e força para manter nossas crenças.

O sangue fluirá. Nossos cabelos e nossas roupas serão espalhados no chão. A natureza fala conosco com seu poderoso sopro de vento.

Haverá terremotos e inundações que causarão grandes desastres, mudanças nas estações e no clima, desaparecimento da vida selvagem e fome de diferentes maneiras.

Haverá corrupção e confusão graduais entre líderes e pessoas ao redor do mundo, e as guerras ocorrerão como ventos fortes. Tudo isso foi planejado desde o início da criação.

Nós já estaríamos nos movendo em direção ao Quinto Mundo! E já estaríamos vendo um clima irregular e esses desastres naturais.

Os 9 sinais do fim do mundo: Quarto Mundo
ancião Hopi
Ancião Hopi

Nosso quarto mundo é chamado Tuwaqachi (idioma Hopi). A profecia inclui 9 sinais que marcarão o fim dos tempos. Pensa-se que oito desses sinais ou presságios foram cumpridos.

Esses 9 sinais foram publicados por Bob Frissell, recebido de um ancião Hopi chamado

Pena Branca”.

Primeiro sinal:

A chegada de homens de pele branca, semelhantes aos Pahana, mas não iguais a eles, tomará terras que não lhes pertencem (alusão à colonização européia).

Segundo sinal:

Nossas terras verão a chegada de rodas de madeira (carros e carruagens européias).

Os 9 sinais do fim do mundo (Quarto Mundo)

Terceiro sinal:

Uma besta desconhecida, semelhante a um búfalo, dominará as planícies em números gigantescos (o gado que os europeus trouxeram).

Quarto sinal:

A terra será atravessada por cobras de aço (alusão aos trilhos de trem construídos a partir do século XIX).


 

Quinto Sinal:

A Terra está ocupada por uma teia gigantesca (Pena Branca apontada para o céu, com o telefone e as linhas elétricas).

o Quinto Mundo

Sexto sinal:

A terra será invadida por rios de pedra que refletirão os raios do sol (alusão às viárias redes).

Sétimo Sinal:

Você ouvirá que o mar ficará preto e muita vida sucumbirá (poluição do petróleo).

Oitavo Sinal:

Chegará quando muitos jovens adotarem os cabelos hopi (longos) e se juntarem às comunidades tribais para aprender suas tradições e adquirir sua sabedoria.

Alguns acreditam que essa profecia já foi cumprida, associando-a ao movimento hippie, outros acham que não foi cumprida.

A Profecia Final! Hopi Prevê a queda

Nono sinal:

Virá quando os homens souberem de uma morada celestial que terá que cair com um grande impacto, aparecendo como uma estrela azul. Logo depois disso, as cerimônias Hopi deixarão de existir.


Segundo a profecia, somente aqueles que viveram com benevolência e seguiram os ensinamentos de Tawa podem passar para o Quinto Mundo.

Uma questão muito importante aqui é o respeito pela natureza e pela Terra. Essa é uma mensagem ecológica crucial para nossa atual situação de sofrimento.