Categorias
Ciência Noticias

Vídeo viral do TikTok mostra meninas adolescentes comemorando, rindo durante um aborto

PÁGINA ATUAL:US 
Um cartaz paira sobre uma clínica da Planned Parenthood em 18 de maio de 2018, em Chicago, Illinois. Imagens de Scott Olson / Getty

Um vídeo do TikTok que se tornou viral nas mídias sociais mostra duas adolescentes entrando em uma Planned Parenthood, uma das quais parece comemorativa quando ela está prestes a sofrer um aborto.

vídeo mostra uma garota chamada Ashley que mostra seu estômago enquanto o cinegrafista realiza o teste de gravidez positivo de Ashley. O vídeo é intitulado “Hora do aborto! Tome 2 ”, o que implica que este é seu segundo aborto.

As duas garotas são vistas se aproximando e depois dentro de uma instalação de Planned Parenthood em Pasadena, Califórnia, e Ashley está dançando. Outro casal também está na clínica, mas claramente infeliz por estar lá.

“Há dois modos de aborto”: o vídeo é legendado, contrastando Ashley dançando com o casal sombrio. O vídeo termina mostrando uma imagem de ultra-som do feto de Ashley, presumivelmente momentos antes do procedimento de aborto, enquanto ela ri junto com a amiga que a filma.

O vídeo do TikTok recebeu centenas de milhares de curtidas e milhares de comentários e foi visto milhões de vezes.

Comentando o vídeo, Lila Rose, fundadora da equipe de investigação pró-vida Live Action, ficou horrorizada.

“Nossa capacidade de ser cruel é interminável. Quando a sociedade celebra o aborto, devemos nos surpreender ao ver esse tipo de crueldade? Meu coração se parte por esse bebê indefeso, morto diante das câmeras, sua jovem mãe brincando sobre isso. E isso quebra para ela.” , que viverá com isso a vida toda “, twittou Rose na quinta-feira.

O Federalist informou na quinta-feira que o TikTok havia barrado o Live Action por supostamente violar suas regras de usuário. O vídeo comemorando o aborto foi permitido, apesar de violar várias diretrizes, como “conteúdo violento, imagens de morte e humanos desmembrados”, observou Rose.

Os defensores dos direitos ao aborto, nos últimos anos, fizeram um esforço conjunto para destigmatizar a prática do aborto, apresentando-a como normal. Grupos de advocacia costumam usar a hashtag #ShoutYourAbortion.

Na Convenção Nacional Democrata de 2016, Ilyse Hogue, presidente da NARAL Pro-Choice America, proclamou  aplausos por ter feito um aborto e o apresentou como uma decisão nobre.

O Business Insider observou no sábado que o aborto é um assunto consideravelmente popular para o conteúdo no TikTok “, com vídeos sob as tags #abortion e #prolife acumulando mais de 70 milhões de visualizações cada, provavelmente porque a plataforma oferece uma ampla variedade de maneiras que os usuários podem comentar suas opiniões sobre o assunto “.

“Alguns vídeos têm opiniões igualmente engraçadas sobre as adolescentes que vão à Planned Parenthood para os procedimentos. Uma é definida como um dos sons populares da plataforma que começa com a buzina antes que o áudio possa ser ouvido dizendo ‘uma criança … não’.”

Lançado em 2017, o TikTok é um serviço de rede social de compartilhamento de vídeos que pertence à ByteDance, uma empresa chinesa fundada em 2012 e é usada para fazer breves vídeos de comédia e talento, geralmente envolvendo sincronização labial.

Categorias
curiosidades Noticias

Após perder parcialmente a visão, modelo polonesa processa tatuador que pintou seus globos oculares

Por G1

Modelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cime

Modelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cime

Um tatuador pode enfrentar até três anos de prisão na Polônia por quase deixar cega uma modelo que desejava tingir os olhos de preto. Segundo o jornal “Polska”, Aleksandra Sadowska perdeu totalmente a visão do olho direito após um procedimento realizado em 2016.

A acusação sustenta que o tatuador – identificado como Piotr A. – deve ser responsabilizado por ter exposto a modelo ao risco. Ele é acusado de não ter tomado os cuidados necessários e de ter usado um pigmento não adequado para a tintura dos olhos.

“Tenho catarata e glaucoma”, disse Sadowska ao jornal polonês. “Perdi a visão no olho direito para sempre. Os médicos não conseguiram fazer voltar a enxergar, mas conseguiram reduzir a dor e a pressão que sentia nos olhos.”

Modelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cimeModelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cime

Modelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cime

A jovem de 25 anos contou que, logo após a tatuagem, disse ao profissional que não conseguia enxergar. Segundo ela, o tatuador havia dito que este era um sintoma comum para o tipo de procedimento e que passaria após o uso de compressas e analgésicos.

Mesmo depois de três cirurgias, a jovem segue sem enxergar do olho direito e têm o esquerdo bastante comprometido. A acusação pede, como reparação, que o tatuador pague 1,5 milhões de zlotis (cerca de R$ 1,71 milhões) à modelo.

O tatuador, que alega ser inocente, é sócio de um estúdio de tatuagens na capital polonesa.

Modelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto   — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cimeModelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto   — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cime

Modelo polonesa perde parcialmente a visão após procedimento estético para tingir seus olhos de preto — Foto: Reprodução/Instagram/anoxi_cime

 

Categorias
Noticias

“Só tem cinema fechando e igreja abrindo”, diz Malu Mader ao criticar o governo Bolsonaro

Malu Mader é atriz da Rede Globo
Malu Mader é atriz da Rede Globo

Na primeira noite dos desfiles de Carnaval do Rio de Janeiro , no domingo (23), os artistas aproveitaram o momento para criticar a gestão cultural do governo Bolsonaro.

E Malu Mader mostrou que o tom de protesto não ficou só por conta do samba-enredo engajado.

A atriz lamentou o fechamento do Cinearte , tradicional cinema localizado no Conjunto Nacional, em São Paulo, na semana passada.

“Só tem cinema fechando e igreja abrindo”, afirmou Malu , que disse que a cultura está tomando um verdadeiro caldo, sem conseguir tirar a cabeça da água.

Malu Mader chegou a ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter depois do pronunciamento polêmico. Muitos apoiaram a atriz, mas teve quem criticasse a sua fala.

Fonte: O Documento