Categorias
Estudos

Ateus e agnóticos são os que mais sabem sobre religião nos EUA

PorAna Araújo | Repórter do The Christian Post

Um estudo do Instituto de pesquisas americano Pew Forum, publicado nesta terça-feira, afirma que agnósticos e ateus são mais bem informados sobre doutrinas religiosas nos Estados Unidos do que os fieis de quaisquer religião.

O instituto preparou um questionário com 32 perguntas sobre religiões. A média de acerto entre osprotestantes foi de 16 questões, enquanto que a média entre os não crentes, como agnósticos e ateus, foi de 20,9 acertos.

Os judeus e os mórmons dividiram a segunda colocação dos mais bem informados, com 20,5 e 20,3 na média de acerto, respectivamente.

Os católicos são os menos informados, acumulando uma média de apenas 14,7 questões. Ao todo 3.412 participaram da pesquisa.

Alguns dados foram destacados pelo relatório do instituto, como que 45% dos católicos não sabiam que o pão e o vinho, além de representar, se transformam no corpo e no sangue de Cristo durante a eucaristia e que 53% dos protestantes não reconheceram Martinho Lutero como o pai da religião.

Só um quarto dos americanos (27%) sabe que a maioria dos habitantes da Indonésia é muçulmana, 47% sabe que Dalai Mala é budista e 38% associam Vishnu e Shiva à religião hindu.

As religiões que demonstraram maior conhecimento com perguntas relacionadas a cristandade, especialmente a Bíblia, foram os mórmons e os protestantes.

No entanto, segundo o relatório, o principal fator que contribui para o conhecimento religioso não é a igreja, e sim a formação educacional.

Pessoas graduadas tiveram uma média de 8 acertos a mais do que as pessoas que não possuem uma graduação, mesmo quando o curso não é relacionado à uma teologia.

Veja a relação entre a religião e o número de acertos no questionário elaborado pelo instituto.

Religião Número de acertos
Ateu/agnóstico 20.9
Judeu 20.5
Mórmon 20.3
Protestante 17.6
Católicos 16.0
Que não se classificam 11.6

Categorias
Estudos

A Bíblia está ultrapassada!

 

Publicado por Everson Barbosa em 3 de fevereiro de 2012

A Bíblia está ultrapassada!

*Está ultrapassada por causa do meu baixo padrão moral.
-A Bíblia vive me condenando diante dos meus pensamentos e consequentes atitudes, chamando-os de pecado. Para a Bíblia, tudo que almejo fazer e que alegra o meu coração é pecado.

*Está ultrapassada por causa da minha conduta deplorável.
-A Bíblia sempre me aponta como sendo um ser inferior, com atitudes vis e mostrando punições e castigos.

*Está ultrapassada porque não atende meus anseios carnais.
-A Bíblia apresenta sempre algum texto que me confronta diante dos meus anseios carnais, fazendo que me sinta mal depois de praticá-los, porque sempre me aponta que estou errado.

*Está ultrapassada porque contraria meus objetivos.
-A Bíblia me deixa contrariado quando percebo que Ela quer cercear os meus direitos de sonhar, buscando alcançar os meus objetivos de conquista.

*Está ultrapassada por causa das minhas limitações.
-A Bíblia sempre me aponta minhas limitações, sendo que Ela exige de mim muito mais do que posso fazer.

*Está ultrapassada porque diz muita coisa que não quero ouvir.
-A Bíblia vive me dizendo coisas horríveis sobre a minha opção de vida.

*Está ultrapassada porque me deixa limitado.
-A Bíblia insiste que tenho de viver conforme Ela quer e nunca como eu quero.

*Está ultrapassada porque é muito exigente.
-A Bíblia insiste que tenho de abandonar o meu conceito, tendo de trocá-lo pelo conceito Bíblico.

Há entre os que seguem o que a Bíblia diz uma exigência assustadora e farisaica. Até nos cânticos eles metem a Bíblia. Não podemos nos alegrar com os cânticos porque eles logo dizem que não são conforme a Bíblia orienta. Se “quem canta os males espanta”, porque não podemos cantar juntamente com aqueles que estão reunidos na igreja para espantar os nossos males?

Normalmente aqueles que ficam insistindo com as coisas da Bíblia são uns chatos de galocha. Para eles tudo está errado. Se fizermos alguma coisa que não esteja na Bíblia somos condenados como se fôssemos a escória da sociedade. Por isso, eles deveriam ser banidos da nossa sociedade.

É insuportável conviver com esses que só querem fazer o que a Bíblia determina. Eles se metem em tudo.

Se uma igreja resolve criar alguma coisa que não esteja na Bíblia, eles aparecem para contrariar a igreja como se fossem maiores do que a igreja toda. Tentam invalidar uma decisão da maioria da igreja só porque, dizem , que não está na Bíblia. São uns idólatras da Bíblia. Só falam da Bíblia!

Desrespeitar as decisões da igreja, usando a Bíblia como forma de apoio, é no mínimo uma afronta à decisão da igreja. A igreja é autônoma e esse direito não pode ser violado por nada. Se uma igreja decide consagrar alguém ao ministério, a decisão da igreja tem de ser respeitada.

Como é que pode alguém tentar revogar uma decisão de uma igreja apenas porque dizendo que a decisão é contrária ao que a Bíblia diz?

Será que insinuam que a igreja seja menos importante do que a Bíblia?!

Se a igreja decidiu, isso vale muito mais do que aquilo que a Bíblia diz!

Eles dizem que a Bíblia é a Palavra de Deus, mas se esquecem que a igreja é o CORPO DE CRISTO!

Precisamos colocar esses inquiridores das ações da igreja nos seus devidos lugares. Eles não podem ficar questionando as decisões das igrejas, querendo confrontar o poder que as igrejas têm, apenas porque consideram a Bíblia superior às igrejas.

*Se você considera esses argumentos válidos, repasse. Como é que alguns podem querer mandar na igreja usando tão somente a Bíblia? Perceba que você pode fazer algo de útil, compartilhando esse texto com outras pessoas, alertando-as para que não sejam afetadas por aqueles que insistem viver e exortar conforme a Bíblia orienta.
Henri- membro da SIB Magé

Fonte: Servo é pra servir

Categorias
Estudos

Melhor Obedecer do que Sacrificar

 

Por Daniel Simoncelos em 27 de janeiro de 2012
Tags: cristianismo, obedecer, sacrificar, salvo

Melhor Obedecer do que Sacrificar

Quando Samuel diz a Saul, quando Deus o rejeitou que melhor é obedecer do que sacrificar, havia um significado profundo nisto.

Saul acreditava que se seguisse a lei cerimonial dos judeus, que dizia que era necessário sacrificar um cordeiro para o perdão dos pecados. Desta maneira, Saul desejava o perdão, porém seu coração já não estava mais inclinado para obedecer ao Senhor e por isto foi rejeitado por Deus.

Muitos hoje tem feito a mesma coisa dentro da igreja. Acham que por ir à igreja no domingo, por participarem de algumas programações, Deus se revelará a eles e os encherá do seu Espírito. Porém isto não é verdade. O fato de você estar em uma igreja não faz de você um cristão. O fato de participar de uma comunidade não faz de você um salvo.

Infelizmente muitos hoje acreditam ser salvos porém se surpreenderão no Dia do Senhor. Jesus já havia dito:

“Porque vocês me chamam “Senhor, Senhor” se não fazem o que eu mando?” Lucas 6:46

E a respeito do Dia do Senhor, Jesus diz:

Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? ’

Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal! ’” Mateus 7:22-23

Melhor é obedecer do que sacrificar. Melhor é temer ao Senhor do que profetizar, expulsar demônios ou realizar milagres. Jesus disse certa vez aos seus discípulos quando voltaram da missão dos 70|:

Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus”. Lucas 10:20

O que você tem buscado? Você pode buscar por prosperidade, bençãos, riquezas, poder de Deus, curas, milagres, contudo antes disso, é necessário que você obedeça a Deus, tema a Ele.

Se você não ora, não lê a bíblia, não busca a presença de Deus, se suas orações são voltadas apenas para você mesmo e suas vontades, se seu coração não arde de amor por Deus e pela sua obra, se você não tem cuidado dos pobres, se não tem abandonado o pecado, mas antes, acha que por ser Deus misericordioso e bondoso, Ele te perdoará, te digo que Ele pode te rejeitar sim. Deus também é justo e sem santidade ninguém verá o Senhor.

Se acha que estando sem igreja, vivendo da seu próprio jeito, fazendo as suas vontades apenas e ainda dizendo que é um filho de Deus, talvez as palavras de Samuel sirvam para você hoje.

Jesus nos convida a viver sendo imitadores dEle. Pobres de Espírito, que reconhecem que não podem, não tem e não são nada. Mansos, sendo dominados por Deus. Chorando de arrependimento por nossos pecados e das pessoas ao nosso redor. Tendo fome e sede da Justiça de Deus.

Você tem sido imitador de Jesus ou um mero religioso? Frequentar igreja e viver dentro de um sistema religioso não irá te salvar. O cristianismo é uma vida de entrega a Deus buscando a Sua vontade!

Por Daniel Simoncelos