Categorias
Ciência

É encontrado em Cesareia anel com figura do “Bom Pastor”, que faz menção a Jesus

O anel contém uma pedra verde com a figura de um jovem pastor envolto em uma túnica, carregando um cordeiro nos ombros.
FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO JERUSALEM POST
Anel em ouro com a figura do Bom Pastor. (Foto: Dafna Gazit/Autoridade de Antiguidades de Israel)
Anel em ouro com a figura do Bom Pastor. (Foto: Dafna Gazit/Autoridade de Antiguidades de Israel)

Um anel de ouro com que leva a inscrição “Bom Pastor”, uma das expressões para se referir a Jesus nos Evangelhos, foi encontrado em Cesareia por uma equipe de mergulhadores da Unidade de Arqueologia Marinha da Autoridade de Antiguidades de Israel.

Em um anúncio nesta quarta-feira (22), a Autoridade de Antiguidades de Israel informou que seus mergulhadores encontraram um verdadeiro tesouro subaquático, com centenas de moedas e jóias.

Foram encontrados também dois navios antigos que datam dos séculos 3 e 14 d.C. que naufragaram no mesmo local, a poucos metros da costa — com mais de 1.000 anos de diferença.

Mas o achado mais extraordinário foi o anel de ouro. Com espessura grossa e formato de octógono, o anel contém uma pedra verde com a figura de um jovem pastor envolto em uma túnica, carregando um cordeiro nos ombros.

O “Bom Pastor” é uma das expressões para se referir a Jesus nos Evangelhos. “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas”, diz João 10:11.

“Sabemos que imagens semelhantes foram encontradas nas catacumbas cristãs de Roma”, disse Helena Sokolov, curadora do Departamento de Moedas da Autoridade de Antiguidades de Israel.


Diversas moedas e jóias foram encontradas no mar de Cesareia. (Foto: Dafna Gazit/Autoridade de Antiguidades de Israel)

Cristãos em Cesareia

Estabelecida pela primeira vez no quarto século a.C., Cesareia foi escolhida por Herodes para construir uma cidade portuária. A cidade foi um centro importante durante os períodos romano e bizantino.

Cesareia era também o lar de uma importante comunidade cristã primitiva e é mencionada várias vezes no Novo Testamento. Foi em Cesareia que o centurião romano Cornélio foi batizado pelo apóstolo Pedro, segundo o livro de Atos.

“Esta foi a primeira vez que um não-judeu foi aceito na comunidade cristã”, explica Sharvit. “A partir daqui, a religião cristã começou a ser disseminada em todo o mundo.”

Por Pastor Ângelo Medrado

Pr. Batista, Avivado, Bacharel em Teologia, PhDr. Pedagogo Holístico docente Restaurador, Reverendo pela International Minystry of Restoration - USA - Autor dos Livros: A Maçonaria e o Cristianismo, O Cristão e a Maçonaria, A Religião do Anticristo, Vendas Alto Nível com Análise Transacional, Comportamento Gerencial.
Casado, 4 filhos, 6 netos, 1 bisneto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.