Categorias
Ciência

ATERRORIZANTE: Funcionária da NASA Adverte o Mundo Sobre a chegada de NIBIRU e suas consequências.-Atualizado

 “Quando pois virdes que a abominação da desolação, predita pelo profeta Daniel, está no lugar santo (Céu) (aquele que lê, entenda:) Então, os que estiverem na Judeia fujam para os montes…Porque haverá então grande tribulação, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá” (Mateus 24: 15, 16, 21).

Este post foi feito (tradução) com a ajuda do amigo Vlamir Marques do Facebook.

(Artigo Indicado pelo Amigo Celio Freedon)
Por Pattie L. Brassard (foto)
NOTAS nossas serão antecedidas por (*)

Em entrevista nos dias 6 e 7 de agosto de 2013 à Veritas Rádio, com Pattie conta tudo !

Bom, pra começar, o currículo dela não deixa dúvidas de que Sra. Brassard teve acesso aos segredos através das funções exercidas no exército, Microsoft e na própria NASA.
Sem titubear, Brassard inicia suas revelações ao tratar do acidente nuclear em Fukushima, Japão, em 2011. Sim, o terremoto/tsunami foi um evento natural se você considera como ‘natural’ o alinhamento do Segundo Sol que está entrando no Sistema Solar e já poderá ser visto por todos antes mesmo do fim deste ano.

Algo semelhante a Fukushima está para ocorrer em Seattle/EUA.

(*)NOTÍCIA DE HOJE: Pequeno Terremoto Assusta Moradores da Região de Seattle em 20/08/13: http://www.kitsapsun.com/news/2013/aug/20/small-earthquake-felt-near-gig-harbor/#axzz2cY646yGR

……………………………………………………………..
Como Pattie Brassard ficou sabendo disso tudo ?

Ora, ela trabalhou para o exército americano, justamente no setor de comunicação por satélite, defesa anti-mísseis e uplinks. Na NASA, ela teve acesso a todos os canais de comunicação restritos e de uso militar, inclusive os relatórios secretos enviados pelos observatórios em órbita.Isso explica não só como ela teve acesso, mas também responde a várias questões:
– A construção em tempo recorde de um mega telescópio no deserto do Atacama.
– A construção de um supertelescópio na Antártida.
– O envio de sondas de monitoramento à Marte.
– O ultramoderno telescópio do Vaticano.
– A intensificação de cometas e asteroides.
– Maior número de meteoritos (bolas de fogo) chegando à Terra….e por aí vai…inclusive toda a preparação que temos visto acontecer e se intensificar nos últimos meses como a escavação de cidades subterrâneas e a FEMA estocando mantimentos
………………………………………………………………
Bom, voltemos então ao terremoto na região de Seattle: ela não explica como, mas os militares e cientistas da NASA devem ter como calcular o próximo alinhamento do Segundo Sol causando um forte terremoto, tão forte que será capaz de arruinar a Califórnia…ou mesmo afundá-la no oceano.

“As coisas só vão piorar de agora em diante”, alerta Brassard.

O Segundo Sol está chegando com seus 7 planetas. Chamemos pelo nome que quisermos (Planeta X, Nibiru, Hercólobus, Absinto), o certo é que ele já foi predito. Este Segundo Sol é 1/10 o tamanho do nosso Sol, mas um dos planetas que traz consigo é quatro vezes o tamanho de Júpiter (o Kachina Azul predito pelos índios Hopi).

Segundo Sra. Brassard, veremos as coisas piorarem sensivelmente de agora em diante. Os planetas terão suas órbitas perturbadas, a rotação da Terra diminuirá, o campo magnético também ficará mais fraco…Novembro será o pior momento !

Os rastros químicos (chemtrails) aspergidas por aviões, principalmente no hemisfério norte, é uma tentativa desesperada de se encobrir este “segundo sistema solar” que se avizinha do nosso e que tantas perturbações causa.

A NASA já sabe que nenhuma arma é capaz de mudar a rota do Segundo Sol. 
Tudo é inútil. As “chemtrails” estão aspergindo produtos químicos tóxicos para reduzir a população (porque o número de mortos será de bilhões). Daí a FEMA ter comprado tantos caixões funerários com anos de antecedência.

Ao nascer e pôr-do-sol todos poderão ver o Segundo Sol, mas nenhuma agência governamental irá dizer nada a respeito porque apenas a “elite” está sendo preparada. Toda a propaganda em torno do fim do mundo em 2012 foi propositalmente feita pela elite para acalmar a população, visto que sabiam que iria falhar (o fim do mundo), então, ninguém mais acreditaria quando dissessem que não seria em 2012, mas em 2013/2014.

Eles sabem as datas exatas.

Eles sabem que toda a rede elétrica do planeta será danificada e o povo ficará sem eletricidade de uma hora para outra.
(*) Por isso criaram o banco de sementes na noruega e a biblioteca digital.

O cometa ISON é maior do que o que eles dizem ser. Sua cauda vai criar problemas. Mas eles não vão alertar a ninguém sobre o que vem. Querem o povo adormecido.

A radiação que atingirá a Terra será devastadora. Só então saberemos porque construíram pirâmides e templos de pedra no passado: são verdadeiras Gaiolas Faraday – http://pt.wikipedia.org/wiki/Gaiola_de_Faraday.

O nível do mar vai subir e muitos países serão submersos. Eclipse de 3 dias ! (evento costeiro e a Profecia dos 3 Dias de Escuridão).

(*)Isso me lembrou os “Mapas Pós-Transição” psicografados por vários médiuns ao redor do mundo e videntes de Nossa Senhora, como o brasileiro Cláudio Heckert.

O caos será gigantesco, mas um novo mundo surgirá depois disso.
Até lá, as tropas militares atirarão sem piedade em quem não cumprir as recomendações. Isso explicaria o atual movimento de equipamentos militares nos EUA, flagrado por civis. Também a presença de militares estrangeiros como russos e chineses em solo americano: a ‘elite’ já teria escolhido a América como o lugar onde o novo mundo ressurgirá.

Segundo Brassard, a única salvação à radiação que virá é estar no subterrâneo. Tudo vai queimar na superfície.
A queda daquele meteoro na Rússia não foi por acaso, foi um teste. Eles testaram um raio a partir da Estação Espacial Internacional e vejam no que deu.

Por sorte a Rússia conseguiu interceptar o meteorito segundos antes do seu impacto com o chão, o que teria sido devastador.

Eles já sabem que nós não temos tecnologia para nos proteger do que vem pela frente. Nossas armas são inúteis.

Segue abaixo o vídeo com a entrevista de Pattie a Veritas Rádio.
NOTA: Já falamos muito sobre Nibiru, basta pesquisar neste blog, as perturbações (todas) que estão ocorrendo no sistema solar, órbita estranha da lua, explosões fortes do sol. possível inversão do campo magnético do sol, etc…são causados por muitos “corpos enormes” que entraram em nosso sistema solar.

ATUALIZAÇÃO:

Atenção:
Pattie L. Brassard confirmou a um de nossos amigos do Facebook que a entrevista é verídica, ela confirma tudo que disse na entrevista.

Por Misael Rossi: “Olá Célio , hoje depois de ver a matéria que voce publicou em seu blog eu fui atras de informações e consegui conversar com a Pattie Brassard e ela me confirmou tudo naquela entrevista de radio , confirmou que era ela que as informações procedem.”
Veja a conversa que tive com ela
Pattie L. Brassard
hello 20:43 Misael Rossi Hello Ms Pattie , My name is Misael i live in Brazil . i received a video where say to be you in a interview talking about second sun,id like know if is real ? if is you in interview and if the informations are true ? 20:43 Misael Rossi these is video http://www.youtube.com/watch?v=ye9BgvNvjK0#t=10 Veritas Radio | Whistleblower Pattie Brassard | Second Sun, 7 planets + Fukushima www.youtube.com *** Please LIKE / Comment / Subscribe to This Channel! **** This is a Veritas Special Report from http://www.veritasradio.com The information presented is th… 20:44 Pattie L. Brassard Yes it’s real.. and tryth truth 20:44 Misael Rossi omg 20:44 Pattie L. Brassard go to my site.. not as bad as you think.. once know all the facts
Agradecimentos ao amigo Misael pela grande colaboração.
Abaixo o perfil dos dois no Facebook:
https://www.facebook.com/misael.rossihttps://www.facebook.com/PattieBFine
https://www.facebook.com/misael.rossi
Categorias
Cultos

Cumprimento profético de Zacarias 14? Reis africanos se reúnem para louvar a Deus em Israel

Centenas de reis africanos se reuniram para louvar a Deus em Israel, exatamente como foi profetizado por Zacarias no capítulo 14 …

O rei Ayi foi coroado em 1994 como soberano do povo Ayigbe, que se espalhou pela Costa do Marfim, Gana, Togo e Benin. Ele vive exilado nos EUA Em 2002, durante a Segunda Conferência Mundial do Conselho de Chefes e Reis da África, ele foi eleito por seus colegas como chefe da organização.

Na próxima conferência, em 2005, ele anunciou seu desejo de trazer todos os 350 reis africanos para Israel, para recitar o Shema (a declaração de fé judaica, Deuteronômio 6: 4-9), no Muro das Lamentações, em Jerusalém.

Dizem que a ideia foi recebida com grande entusiasmo.

“Pelo menos metade dos reis que vão alegar que pela tradição de seu povo, eles são descendentes dos judeus”, disse Ayi. “Alguns desses reis, no entanto, são ímãs muçulmanos. Mesmo assim, eles querem ir. Eles vão com a intenção de reconhecer que Deus criou o mundo “.

Depois de 11 anos e muitas viagens, a visão do líder Ayigbe será concretizada durante a sucot [Festa dos Tabernáculos] em outubro. A reunião está sendo organizada com o apoio do Ministério de Assuntos Religiosos de Israel.

O rei africano também procurou o apoio de líderes religiosos.

Ayi encontrou-se com os rabinos Chaim Kanievsky e Shmuel Auerbach, duas figuras importantes no judaísmo ortodoxo. Comemora que receberam o encorajamento de Beit Din (Tribunal Rabínico) do Bnei Brak, assim como o novo Sinédrio.

A idéia por trás do encontro real é baseada na profecia de Zacarias 14:16. Além da missão religiosa, a visita também será uma oportunidade para aprofundar a relação diplomática entre Israel e a África. Seminários educacionais e visitas serão intercaladas com reuniões com funcionários do governo.

Para o rei Ayi, este é o destaque de uma jornada pessoal. Breaking Israel News explicou que todos em sua família acreditam que são descendentes de judeus. “Sempre nos abstivemos de alimentos considerados proibidos pela Torá”, disse ele. “As circuncisões são realizadas no oitavo dia, e as leis do niddah (pureza da família) são mantidas. Celebramos o Rosh Hashaná, o Ano Novo Judaico, tocando um shofar (trompete de chifre de carneiro). “

Judeus negros são comuns

Embora pareça estranho, muitas diferentes tribos africanas têm tradições que as conectam à Terra Santa. Existem várias comunidades de judeus negros espalhados por toda a África. Os mais conhecidos são os lembas no Zimbábue e na África do Sul, os Igbos na Nigéria e os Ybirs, a Somália e as aldeias de Moçambique, Camarões, Costa do Marfim, Gana e Quênia.

A maioria deles foram reconhecidos pelos judeus da Europa desde o século 19 antes de Israel foi fundado, novamente, os rabinos e líderes reconhecer a conexão com eles desde 1947. Os etíopes, por exemplo, eles se voltaram para a Bíblia. Suas famílias reais afirmam ser descendentes da rainha de Sabá, que estaria grávida do rei Salomão.

Outros grupos étnicos, como os lembas, têm evidências científicas. Em 2010, sua origem semítica foi confirmada por testes de DNA em uma investigação conduzida por Tudor Parfitt, professor de estudos judaicos modernos da Universidade de Londres, na Inglaterra.

Apelidado de “Tribos Perdidas de Israel”, segundo o pesquisador, eles são descendentes dos Cohanim, a família dos sacerdotes judeus da tribo de Levi. Estudos indicam que o ancestral comum de ambos os povos viveu entre 2.600 e 3.100 anos atrás.

O rei Ayi explicou que a tradição oral de seu povo diz que seus ancestrais vêm do Egito, onde os judeus viveram por séculos. “Judeus e negros são quase os mesmos. Somos realmente uma ótima família ”, diz ele.

Fonte: Christian News

Categorias
Ciência

EUA divulga estratégia para lidar com impacto de asteroide

Casa Branca admite pela primeira vez que risco é ‘real’

 

 

EUA divulga estratégia para lidar com impacto de asteroideEUA divulga estratégia para lidar com impacto de asteroide
A ideia de um asteroide colidir com a Terra, causando grande destruição, não é nova. O assunto já foi explorado pelo cinema e mencionado em dezenas de “teorias da conspiração”. Os especialistas sempre minimizaram essa possibilidade.
Contudo, pela primeira vez a Casa Branca divulga que possui um plano estratégico para lidar com essa situação. O documento “Estratégia Nacional de Preparação para Objetos Próximos da Terra” foi divulgado esta semana e pode ser lido no site oficial da Casa Branca.

Embora os norte-americanos ressaltem que é “improvável” um impacto desse tipo ameaçar a civilização humana “nos próximos dois séculos”, admitem que “o risco de impactos menores, mas ainda assim catastróficos é real”.

Baseado em dados do Departamento de Defesa dos EUA, o relatório dá conta que entre 1994 e 2013, 556 objetos de pequenas proporções, entre um e 50 metros de diâmetro, penetraram na atmosfera do planeta.

O último a trazer perigo real caiu numa zona florestal da Rússia. Com diâmetro estimado em 40 metros, explodiu perto de Tunguska, destruindo 2 mil quilômetros quadrados de floresta. A energia liberada, entre 5 e 10 megatons de TNT, foi muitas vezes maior que as primeiras bombas atômicas.

“Se um evento similar ocorresse sobre uma área metropolitana, poderia resultar em milhões de feridos e mortos”, sublinha o documento. Os especialistas calculam que existem ao menos 10 milhões de objetos orbitando próximos à Terra com diâmetro maior que 20 metros e mais de 300 mil maiores de 40 metros. Eles não foram todos detectados.

De acordo com o Daily Mail, uma determinação do Congresso americano exige que a NASA identifique 90% dos objetos que possam colidir com a Terra medindo mais de 140 metros de diâmetro. Cálculos indicam que esses objetos teriam um impacto de no mínimo 60 megatons de TNT, ou seja, mais devastador que as mais potentes armas nucleares já testadas. Depois de 20 anos de pesquisas, somete 28% desses asteroides foram identificados.

Os EUA reconhecem que é preciso uma abordagem coordenada global para detecção desse tipo de situação. O plano estratégico do governo americano inclui o desenvolvimento de métodos para desviar e destruir ameaças em potencial, além de estabelecer procedimentos de emergência para cenários de impactos.

Profecia bíblica

Os estudiosos das profecias bíblicas sabem que a destruição parcial do planeta está descrita em Apocalipse 8:8,9: “O segundo anjo tocou a sua trombeta, e algo como um grande monte em chamas foi lançado ao mar. Um terço do mar transformou-se em sangue, morreu um terço das criaturas vivas do mar e foi destruído um terço das embarcações”.

No capítulo seguinte há outra menção: “E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra” (Ap 9:1). Já nos evangelhos, Jesus falou sobre a queda de vários objetos “As estrelas cairão do céu e os poderes celestes serão abalados’ (Marcos 13:25).